Índice Integrado de Governança e Gestão (IGG) – TCU

O Tribunal de Contas da União (TCU) realiza levantamentos constantes para conhecer melhor a situação da governança no setor público e estimular as organizações públicas a adotarem boas práticas de gestão.

A partir de 2017, o TCU passou a reunir, em um único estudo, temas que em anos anteriores foram analisados separadamente – tecnologia da informação, pessoas, contratações e governança pública. Nesse contexto, surgiu o Índice Integrado de Governança e Gestão (IGG), que constitui o mais amplo diagnóstico sobre a governança pública no País, abrangendo empresas estatais, sociedades de economia mista, autarquias, ministérios, tribunais, fundações, entre outros, num total de quase 500 órgãos e entidades da Administração Pública Federal. O IGG é composto pelas dimensões: governança pública; governança e gestão de pessoas; governança e gestão de TI; e governança e gestão de contratações.

Com base no resultado divulgado pelo TCU, o Banco do Brasil obteve a melhor pontuação no indicador (IGG), em 2017 com 91%. Em 2018 a pontuação do Banco aumentou para 94%.

Os dados completos do levantamento – Relatório Técnico Detalhado; Acórdão; Dados completos (em planilha) e os links para os relatórios individuais dos respondentes estão disponíveis em:

Levantamento 2018

Levantamento 2017


Atualizado em 18/06/2019 às 05:38