Comitês

Comitê de Auditoria

O Comitê de Auditoria tem por finalidade, dentre outras funções previstas na legislação, assessorar o Conselho de Administração no exercício de suas funções de auditoria e fiscalização.

 

MEMBROS Função
Egidio Otmar Ames Coordenador
Atual coordenador dos Comitês de Auditoria (Coaud) e de Pessoas, Remuneração e Elegibilidade (Corem) do Banco do Brasil S.A. Atuou como membro do Comitê de Riscos e de Capital (Coris) entre 2018 e 2020. Foi coordenador dos Comitês de Auditoria da Cia de Seguros Aliança (2008/2012), da Mapfre Seguros (2011/2012) e do Grupo Segurador BB & Mapfre (2012/2013). Atuou como membro do Conselho Fiscal da PREVI entre 2005 e 2008. Foi gerente de auditoria (2002/2004), gerente executivo (2004/2007) e auditor geral do Banco do Brasil a partir de julho/2007 até a aposentadoria em setembro/2011. É graduado em Administração de Empresas pelo Instituto de Educação Superior de Brasília (Iesb), com MBA em Gestão de Controladoria e Auditoria na Escola de Administração e Negócios de Brasília (ESAD), além de cursos de Formação Geral Básica para Altos Executivos, Formação de Executivos em Auditoria e de Governança Corporativa pela Universidade de São Paulo (USP)/Fipecafi.
Rachel de Oliveira Maia Membro
Membro do Comitê de Auditoria. Atua também como membro independente do Conselho de Administração do BB indicada pelos acionistas minoritários. Fundadora e CEO da RM Consulting, foco em S de ESG e Lideranças, ex- CEO da Lacoste S.A. (Brasil). Ela começou sua carreira como controladora financeira sênior na 7-Eleven, onde desenvolveu suas habilidades analíticas e de liderança como gerente júnior. Atuou como controladora sênior de negócios na Novartis Pharmacy. Na Tiffany & Co., liderou a entrada da empresa no mercado brasileiro e gerenciou todos os aspectos financeiros do crescimento da Tiffany como CFO do Brasil. Após estabelecer a Tiffany & Co. como líder de mercado no Brasil, foi contratada para liderar a expansão e o crescimento da marca dinamarquesa Pandora. Como CEO da Pandora Brasil, liderou o crescimento da empresa de dois pontos de venda para mais de 92 em um período de 8 anos e meio. É graduada em contabilidade pelo Centro Universitário FMU e possui MBA pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Concluiu o curso de Negociação e Liderança por meio do Programa de Educação Executiva da Harvard Business School e treinamento de gerenciamento geral na Universidade de Victoria na Colômbia Britânica, Canadá. Membro do Conselho Geral do Consulado Dinamarquês e da Câmara de Comércio Dinamarquesa, bem como membro do Comitê do Presidente da Câmara Americana de Comércio, do Instituto para o Desenvolvimento do Varejo, do Grupo de Mulheres Brasileiras e do Comitê Econômico e Social Conselho de Desenvolvimento.
Marcos Tadeu de Siqueira Membro
Atualmente é membro dos comitês de auditoria do Banco do Brasil S.A. e da Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil – PREVI. É graduado em Administração de Empresas, com MBA em Gestão de Negócios Internacionais – FIPECAFI/USP e Formação Geral de Altos Executivos – COPPEAD/UFRJ. Foi empregado do Banco do Brasil (1976-2005), onde exerceu funções executivas e diretivas. Atuou na função de diretor de operações do Departamento Nacional do Serviço Social da Indústria – SESI/DN (2012/2018); gerente executivo na Confederação Nacional da Indústria – CNI (2010-2012) e professor e um dos gestores responsáveis pelo “start-up” da Faculdade Ibmec no Distrito Federal (2007 a 2010). Exerceu ainda os seguintes cargos: conselheiro fiscal suplente na BRF S.A (2015-2019) e Vale S.A. (2015-2016); conselheiro fiscal no Magazine Luiza S.A. (2015-2016), ALL Logística S.A. (2012-2013) e Hopi Hari S.A. (2003-2005); e, conselheiro de administração na Forjas Taurus S.A. (2013-2014). Certificado Especialista no Combate e Prevenção à Lavagem de Dinheiro pela Association of Certified Anti-Money Laundering Specialists – ACAMS; Conselheiro Fiscal e Conselheiro de Administração pelo Instituto Brasileiro de Governança Corporativa – IBGC, onde é membro da Comissão de Governança de Instituições Financeiras.
Vera Lucia de Almeida Pereira Elias Membro
Membro do comitê de auditoria. Conselheira Fiscal das Indústrias Romi S.A. e Diretora da Associação dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade – ANEFAC. É também membro do Conselho Empresarial de Governança e Compliance da Associação Comercial do Rio de Janeiro – ACRJ e Coordenadora do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (“IBGC”) no Capítulo RJ. Foi membro dos Comitês de Auditoria da Casa da Moeda do Brasil (2018/2020) e da Fibria Celulose S.A. (2018/2019). Além disso, foi membro dos Conselhos Fiscais das empresas Neonergia S.A. (2017/2020), Mills Estruturas e Serviços de Engenharia S.A (2015/2018) e Norte Energia S.A. (2013). Também atuou como membro do Conselho Deliberativo da Fundação Vale do Rio Doce de Seguridade Social – VALIA (2013/2015) e do Comitê Financeiro da Valia (2007/2011). Possui vasta experiência na área de controladoria, tendo trabalhado por mais de 25 anos na VALE S.A., onde alcançou a posição de gerente geral e contadora. Antes disso, atuou por vários anos na empresa de auditoria externa PricewaterhouseCoopers Auditores Independentes (big four). Graduada em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ é também advogada e bacharel em direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ, com MBA em Finanças pelo Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais – IBMEC. Aprimorou seus conhecimentos por meio do Programa de Formação de Executivos da Darden Graduate School of Business Administration – University of Virginia (EUA), programas de liderança no Institute for Management Development – IMD (Suíça) e Massachusetts Institute of Technology – MIT (EUA), entre outros diversos seminários e congressos de atualização. É certificada como Conselheira pelo IBGC e pelo Instituto de Certificação Institucional dos Profissionais de Seguridade Social – ICSS.
Aramis Sá de Andrade Membro
Membro do comitê de auditoria (Coaud). Atua também como membro independente do Conselho de Administração do Banco do Brasil, indicado pelo Ministério da Economia; Conselheiro de Administração Independente, Membro-Coordenador do Comitê de Auditoria e Membro do Comitê de Pessoas, Elegibilidade, Sucessão e Remuneração na INFRAERO-Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária S.A.; e Conselheiro Fiscal na METALÚRGICA GERDAU S.A.; Foi Conselheiro Fiscal (Suplente) na NORTE ENERGIA S.A. e na WEG S.A.; Conselheiro Deliberativo na BB-PREVIDÊNCIA-Fundo de Pensão Banco do Brasil; Membro do Comitê de Auditoria na BBTS-TECNOLOGIA E SERVIÇOS e Conselheiro Deliberativo no SEBRAE-AC. Foi funcionário do BANCO DO BRASIL de 1979 a 2015, exercendo cargos de primeiro gestor em  unidades regionais do Banco no País, entre os quais os de Gerente Geral de Assessorias Jurídicas Regionais e Superintendente Estadual e de Gerente Executivo e Gerente Geral de Unidade Estratégica na Diretoria de Tecnologia. É Graduado em Economia e em Direito (UFAC), especialista em Direito Civil e em Direito Processual Civil (Estácio de Sá) e MBA-Formação  Geral e Desenvolvimento de Executivos em Administração (USP/FIA); Extensões Acadêmicas, dentre outras, em Governança Corporativa e Formação de Conselheiros (FGV, USP/FIPECAFI e IBGC), Banking  e  Sistema  Financeiro  no  Mercado Global  (The University  of  Chicago  Booth  School   of   Business), Programa Executivo “BB  Digital Business Transformation” (MIT-USA), Operational Efficiency Responsibility and Sustainable Business (UPeace/UN-USA); Certificações Profissionais em Governança Corporativa pelo IBGC (Conselheiro de Administração, CCA+; Conselheiro Fiscal,  CCF; Membro de Comitê de Auditoria, CCoAud+); e pelo ICSS (Profissional Certificado em Seguridade Social com Ênfase em Administração).

Regimento Interno do COAUD.

Atas das Reuniões do COAUD.

Comitê de Pessoas, Remuneração e Elegibilidade

O Comitê de Pessoas, Remuneração e Elegibilidade reporta-se ao Conselho de Administração e tem por finalidade assessorar aquele Conselho no estabelecimento das políticas de: gestão de pessoas; remuneração de administradores; e indicação e sucessão de administradores.

MEMBROS Função
Egidio Otmar Ames Coordenador
Atual coordenador dos Comitês de Auditoria (Coaud) e de Pessoas, Remuneração e Elegibilidade (Corem) do Banco do Brasil S.A. Atuou como membro do Comitê de Riscos e de Capital (Coris) entre 2018 e 2020. Foi coordenador dos Comitês de Auditoria da Cia de Seguros Aliança (2008/2012), da Mapfre Seguros (2011/2012) e do Grupo Segurador BB & Mapfre (2012/2013). Atuou como membro do Conselho Fiscal da PREVI entre 2005 e 2008. Foi gerente de auditoria (2002/2004), gerente executivo (2004/2007) e auditor geral do Banco do Brasil a partir de julho/2007 até a aposentadoria em setembro/2011. É graduado em Administração de Empresas pelo Instituto de Educação Superior de Brasília (Iesb), com MBA em Gestão de Controladoria e Auditoria na Escola de Administração e Negócios de Brasília (ESAD), além de cursos de Formação Geral Básica para Altos Executivos, Formação de Executivos em Auditoria e de Governança Corporativa pela Universidade de São Paulo (USP)/Fipecafi.
Aramis Sá de Andrade Membro
Membro do Comitê de Pessoas, Remuneração e Elegibilidade (Corem). Atua também como membro independente do Conselho de Administração do Banco do Brasil, indicado pelo Ministério da Economia; Conselheiro de Administração Independente, Membro-Coordenador do Comitê de Auditoria e Membro do Comitê de Pessoas, Elegibilidade, Sucessão e Remuneração na INFRAERO-Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária S.A.; e Conselheiro Fiscal na METALÚRGICA GERDAU S.A.; Foi Conselheiro Fiscal (Suplente) na NORTE ENERGIA S.A. e na WEG S.A.; Conselheiro Deliberativo na BB-PREVIDÊNCIA-Fundo de Pensão Banco do Brasil; Membro do Comitê de Auditoria na BBTS-TECNOLOGIA E SERVIÇOS e Conselheiro Deliberativo no SEBRAE-AC. Foi funcionário do BANCO DO BRASIL de 1979 a 2015, exercendo cargos de primeiro gestor em  unidades regionais do Banco no País, entre os quais os de Gerente Geral de Assessorias Jurídicas Regionais e Superintendente Estadual e de Gerente Executivo e Gerente Geral de Unidade Estratégica na Diretoria de Tecnologia. É Graduado em Economia e em Direito (UFAC), especialista em Direito Civil e em Direito Processual Civil (Estácio de Sá) e MBA-Formação  Geral e Desenvolvimento de Executivos em Administração (USP/FIA); Extensões Acadêmicas, dentre outras, em Governança Corporativa e Formação de Conselheiros (FGV, USP/FIPECAFI e IBGC), Banking  e  Sistema  Financeiro  no  Mercado Global  (The University  of  Chicago  Booth  School   of   Business), Programa Executivo “BB  Digital Business Transformation” (MIT-USA), Operational Efficiency Responsibility and Sustainable Business (UPeace/UN-USA); Certificações Profissionais em Governança Corporativa pelo IBGC (Conselheiro de Administração, CCA+; Conselheiro Fiscal,  CCF; Membro de Comitê de Auditoria, CCoAud+); e pelo ICSS (Profissional Certificado em Seguridade Social com Ênfase em Administração).
Ênio Mathias Ferreira Membro
Membro do Comitê de Pessoas, Remuneração e Elegibilidade. Também atua como Vice-presidente Corporativo. Graduado em Direito pela Associação de Ensino Unificado do Distrito Federal- AEUDF e em Administração de Empresas pela Universidade de Brasília – UnB. Possui especialização em Gestão Pública pela FUNDACE/USP, Marketing pela PUC-RJ, MBA Executivo em Negócios Financeiros pela UFC e cursos de extensão na University of Chicago Booth School of Business e em Liderança e Inovação pela Harvard Kennedy School. Trabalha desde 1986 no Banco do Brasil, tendo dedicado dezesseis anos de sua carreira à Diretoria de Governo, quatro dos quais, de 2014 a 2018, como gerente executivo. Ainda exerceu o cargo de gerente executivo na Diretoria de Tecnologia, entre dezembro de 2012 e janeiro de 2014. Também, exerce cargo de conselheiro fiscal na EloPar e presidente do conselho deliberativo da BB Previdência.
Walter Eustaquio Ribeiro Membro
Membro do Comitê de Remuneração e Elegibilidade. Também atua como Vice-presidente do Conselho de Administração. Bacharel em Relações Internacionais pela Universidade de Brasília (UNB), com pós-graduação em Marketing e Recursos Humanos pela mesma universidade. Cursou Gestão Educacional pela Universidade Católica de Brasília e possui Formação de Conselheiros – Governança Corporativa pela Fundação Dom Cabral. Possui mestrado em Administração pela UNB. Foi funcionário de carreira do BB por mais de 30 anos, atuando em diversas funções gerenciais nas diretorias de pessoal, comercial, controladoria e auditoria interna e também, atuou na assessoria da presidência.
Paulo Roberto Evangelista de Lima Membro
Membro do Comitê de Remuneração e Elegibilidade. Atua também como membro do Comitê de Risco e de Capital e do Conselho de Administração eleito pelos acionistas minoritários em abril de 2019. Trabalhou no Banco do Brasil por 34 anos, onde foi superintendente regional, gerente executivo e diretor de controles internos e de gestão de riscos, membro do Comitê Supervisor do Banco do Brasil no Japão, conselheiro de administração da BB Securities – Nova Iorque e Londres, membro do Comitê de Tecnologia do Banco do Brasil e coordenador do Comitê de Riscos do Banco do Brasil, presidiu o Banco do Brasília S.A., de janeiro 2013 a outubro 2014, onde atuou como conselheiro de administração, presidente do Conselho de Administração da Cartão BRB S.A., conselheiro de administração na Cadan e Celesc – Centrais Elétrica de Santa Catarina S.A., onde coordenou o Comitê Jurídico e de Auditoria, atuou também como conselheiro fiscal em várias empresas – Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil – PREVI, Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil – CASSI, Rio Grande Energia, CPFL Distribuição e CPFL Geração, Distribuidora de Produtos de Petróleo Ipiranga S.A., Usinas Siderúrgicas de Minas Gerais S.A. – Usiminas, tendo sido presidente do Conselho Fiscal. Atualmente é conselheiro fiscal da Cecrisa Revestimentos Cerâmicos S.A. e conselheiro de administração suplente da TUPY S.A e membro nato do Conselho Consultivo do Instituto de Ensino Bilíngue Ltda. (Avidus School) em Brasília. É conselheiro fiscal certificado pelo Instituto de Governança Corporativa – IBGC – desde Outubro 2016. Formado em administração de empresas, com M.B.A – Formação para Altos Executivos no Banco do Brasil – Fundação Dom Cabral, possui pós-graduação Lato Sensu em Administração Financeira – IBMEC, especialização em Gestão de Negócios – Fundação Dom Cabral e Curso de Governança Corporativa pela USP.

Regimento Interno do Comitê de Pessoas, Remuneração e Elegibilidade.

Atas das Reuniões do Comitê de Pessoas, Remuneração e Elegibilidade.

Comitê de Riscos e de Capital

O Comitê de Riscos e de Capital foi criado com o propósito de assessorar o Conselho de Administração no que se refere ao exercício das suas funções relativas à gestão de riscos e de capital, de forma unificada, para as instituições integrantes do Conglomerado Prudencial do Banco do Brasil.

MEMBROS Função
Vilmar Gongora Coordenador
Membro do Comitê de Riscos e de Capital do Banco do Brasil, desde setembro/2017. Foi funcionário do Banco do Brasil durante 38 anos, exercendo diversos cargos nas áreas de Gestão de Riscos, Crédito e Comercial, além de gerente executivo (2009 a 2013) no Projeto Basileia, sendo responsável pela implementação de diretrizes do Comitê de Basileia e normativos do Banco Central do Brasil. Vice–coordenador (2007 a 2008) e coordenador (2008 a 2009) da Subcomissão de Gestão de Risco de Crédito da Febraban. É Bacharel em Física pela Universidade de São Paulo, com MBA Executivo em Finanças (Ibmec), MBA Riscos (USP/Fipecafi) e MBA Executivo em Gestão Avançada de Negócios (UFMT/Inepad.
Iêda Aparecida de Moura Cagni Membro
Membro do Comitê de Risco e de Capital. Procuradora da Fazenda Nacional, graduada em Direito pelo Centro Universitário de Anápolis, com especialização em Direito Público pela Faculdade Processus, DF, MBA e mestrado em Administração Pública, pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Advogou 9 anos, especialmente na área de condomínios, imobiliárias, plano de saúde e perante o Conselho de Contribuintes Municipal. Ingressou na Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional – PGFN em 2008, onde atuou na Divisão de Acompanhamento Especial atuando nas causas relevantes da 1ª Região; foi Chefe da Defesa da 1ª Região. A partir de 2013 passou a atuar na área administrativa da PGFN, foi Coordenadora-Geral de Administração, Diretora de Gestão Corporativa e, atualmente, ocupa o cargo de Secretária-Geral de Administração da Advocacia-Geral da União – AGU. Participou dos Conselhos Fiscal da VALEC Engenharia, Construções e Ferrovia S/A, do BB Gestão de Recursos – Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários, controlada pelo Banco do Brasil, e como suplente do Conselho Fiscal Banco do Brasil S/A. Participou também do Conselho de Administração do Serviço de Processamento de Dados (Serpro) e da Empresa Baiana de Água e Saneamento (Embasa).
Paulo Roberto Evangelista de Lima Membro
Membro do Comitê de Risco e de Capital. Atua também como membro do Comitê de Remuneração e Elegibilidade, e do Conselho de Administração eleito pelos acionistas minoritários em abril de 2019. Trabalhou no Banco do Brasil por 34 anos, onde foi superintendente regional, gerente executivo e diretor de controles internos e de gestão de riscos, membro do Comitê Supervisor do Banco do Brasil no Japão, conselheiro de administração da BB Securities – Nova Iorque e Londres, membro do Comitê de Tecnologia do Banco do Brasil e coordenador do Comitê de Riscos do Banco do Brasil, presidiu o Banco do Brasília S.A., de janeiro 2013 a outubro 2014, onde atuou como conselheiro de administração, presidente do Conselho de Administração da Cartão BRB S.A., conselheiro de administração na Cadan e Celesc – Centrais Elétrica de Santa Catarina S.A., onde coordenou o Comitê Jurídico e de Auditoria, atuou também como conselheiro fiscal em várias empresas – Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil – PREVI, Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil – CASSI, Rio Grande Energia, CPFL Distribuição e CPFL Geração, Distribuidora de Produtos de Petróleo Ipiranga S.A., Usinas Siderúrgicas de Minas Gerais S.A. – Usiminas, tendo sido presidente do Conselho Fiscal. Atualmente é conselheiro fiscal da Cecrisa Revestimentos Cerâmicos S.A. e conselheiro de administração suplente da TUPY S.A e membro nato do Conselho Consultivo do Instituto de Ensino Bilíngue Ltda. (Avidus School) em Brasília. É conselheiro fiscal certificado pelo Instituto de Governança Corporativa – IBGC – desde outubro 2016. Formado em administração de empresas, com M.B.A – Formação para Altos Executivos no Banco do Brasil – Fundação Dom Cabral, possui pós-graduação Lato Sensu em Administração Financeira – IBMEC, especialização em Gestão de Negócios – Fundação Dom Cabral e Curso de Governança Corporativa pela USP.
Antônio Gustavo Matos do Vale Membro
Membro do Comitê de Riscos e de Capital do Banco do Brasil, desde novembro/2021. Funcionário de carreira do Banco Central do Brasil de 2001 a 2003. Foi Diretor de Liquidações e Controle de Operações Rurais do Bacen de 2003 a 2011, Presidente da Infraero de 2011 a 2016, Vice-presidente de Tecnologia do BB de 2017 a 2018, Vice-Presidente de Gestão de Pessoas do BB de 2019 a 2020 e Presidente da Brasilcap S/A de 2020 a 2021. Possui Graduação em Ciências Contábeis, Administração e Ciências Econômicas, além de especialização em Análise de Sistemas.
Ariosto Antunes Culau Membro
Membro do Comitê de Riscos e de Capital do Banco do Brasil, desde novembro/2021 e membro do Conselho de Administração indicado pelo Ministério da Economia, desde setembro/2021. Graduado em ciências econômicas pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos – Unisinos, com MBA em Finanças Empresariais pela Fundação Getúlio Vargas – FGV e especialização em Políticas Públicas e Governo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Servidor de carreira do Ministério da Economia, exerce atualmente o cargo de Secretário de Orçamento Federal, tendo atuado anteriormente em diversos cargos na área de finanças nas administrações públicas federal e estadual.

Regimento Interno do Comitê de Riscos e Capital.

Comitê de Tecnologia e Inovação

O Cotei é órgão colegiado que se reporta ao Conselho de Administração e tem por finalidade assessorar aquele Conselho em temas relacionados a tendências tecnológicas, novos modelos de negócios e projetos ou iniciativas de inovação para fazer frente a essas tendências e seus efeitos sobre o Banco do Brasil.

MEMBROS Função
Caio Mário Paes de Andrade Coordenador
Coordenador do Comitê de Tecnologia e Inovação.Secretário Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia. Empreendedor serial em tecnologia de informação, mercado imobiliário e agronegócio, Caio tem formação em Comunicação Social pela Universidade Paulista, pós-graduação em Administração e Gestão pela Harvard University e Mestre em Administração de Empresas pela Duke University. No ano 2000 fundou a WebForce Ventures, uma das primeiras iniciativas de venture capital do Brasil, responsável pelo desenvolvimento de mais de 30 startups. É fundador e conselheiro do Instituto Fazer Acontecer. Em 2019 passou da iniciativa privada para a área pública com a missão de ajudar a Transformação Digital do Brasil. Foi Presidente do SERPRO até agosto de 2020, quando passou a fazer parte da equipe econômica.
Marcelo Cavalcante de Oliveira Lima Membro
Vice-presidente de Desenvolvimento de Negócios e Tecnologia. Graduado em Engenharia Eletrônica com ênfase em Computação. Pós-graduado em Sistemas Orientados a Objetos, em Administração Estratégica de Sistemas de Informação e em Gestão Avançada de Negócios; Funcionário de carreira do BB de 1988 a 2019, tendo atuado como diretor administrativo financeiro da BB Tecnologia e Serviços, como gerente de tecnologia no exterior para a Europa, Oriente Médio e África, sediado em Londres de 2009 a 2015. Foi Gerente Executivo na Diretoria de Tecnologia no período de 2003 a 2009. Anteriormente, desde 1990 atuou em diversas posições na área de tecnologia do Banco do Brasil.
Robert Juenemann Membro
Membro do Comitê de Tecnologia e Inovação.
Fábio Rodrigo Machado Membro
Membro do Comitê de Tecnologia e Inovação. Funcionário do BB há mais de 20 anos, cedido ao Governo Federal. Desde 2017 atua na Procuradoria-Geral da Fazenda como Coordenador-Geral de Tecnologia da Informação e Diretor substituto do Departamento de Gestão Corporativa. Graduado em Matemática pela Universidade Regional de Blumenau (SC), possui MBA em Gestão Pública, Especialização em Gestão de Pessoas, Gestão Estratégia Empresarial e está concluindo MBA Executivo em Business Analytics e Big Data, pela Fundação Getúlio Vargas.
Débora Cristina Fonseca Membro
Membro do Comitê de Tecnologia e Inovação. Também atua como membro do Conselho de Administração eleita pelos empregados do Banco do Brasil. Ingressou no Banco em abril de 2009. Ingressou no Banco Nossa Caixa S/A em 2006, sendo incorporada como funcionária do BB em 2009, atuou como assistente e gerente de serviços em Agência Large Corporate, no pilar atacado do BB, e atualmente é assessora na Superintendência Large Corporate. É bacharel em comunicação social e tecnóloga em gestão de recursos humanos, possui MBA em estão bancária e finanças corporativas, pós graduanda em Gestão Estratégica, Inovação e Conhecimento. Possui certificação Profissional Anbima – CPA-20.

Regimento Interno do Comitê de Tecnologia e Inovação.

Comitê de Sustentabilidade Empresarial

O Cosem é órgão colegiado que se reporta ao Conselho de Administração e tem por finalidade assessorar aquele Conselho em temas relacionados à sustentabilidade no Banco do Brasil, considerando as melhores práticas de mercado e os compromissos assumidos voluntariamente pelo Banco.

MEMBROS Função
(vago) Coordenador
Coordenador do Comitê de Sustentabilidade Empresarial.
(vago) Membro
Membro do Comitê de Sustentabilidade Empresarial.
(vago) Membro
Membro do Comitê de Sustentabilidade Empresarial.
(vago) Membro
Membro do Comitê de Sustentabilidade Empresarial.
(vago) Membro
Membro do Comitê de Sustentabilidade Empresarial.

Regimento Interno do Comitê de Sustentabilidade Empresarial.


Atualizado em 25/11/2021 às 02:04