Conselho de Administração

O Conselho de Administração é um órgão independente, de decisão colegiada, responsável por fixar a orientação geral dos negócios do Banco. Desempenha atribuições estratégicas, eletivas e fiscalizadoras, não abrangendo funções operacionais ou executivas. É composto por oito membros, eleitos pela Assembleia Geral.

MEMBROS CARGO
Iêda Aparecida de Moura Cagni Presidente (membro indicado pelo Ministério da Economia)
Presidente do Conselho de Administração. Procuradora da Fazenda Nacional, graduada em Direito pelo Centro Universitário de Anápolis, com especialização em Direito Público pela Faculdade Processus, DF, MBA e mestrado em Administração Pública, pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Advogou 9 anos, especialmente na área de condomínios, imobiliárias, plano de saúde e perante o Conselho de Contribuintes Municipal. Ingressou na Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional – PGFN em 2008, onde atuou na Divisão de Acompanhamento Especial atuando nas causas relevantes da 1ª Região; foi Chefe da Defesa da 1ª Região. A partir de 2013 passou a atuar na área administrativa da PGFN, foi Coordenadora-Geral de Administração, Diretora de Gestão Corporativa e, atualmente, ocupa o cargo de Secretária-Geral de Administração da Advocacia-Geral da União – AGU. Participou dos Conselhos Fiscal da VALEC Engenharia, Construções e Ferrovia S/A, do BB Gestão de Recursos – Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários, controlada pelo Banco do Brasil, e como suplente do Conselho Fiscal Banco do Brasil S/A. Participou também do Conselho de Administração do Serviço de Processamento de Dados (Serpro) e da Empresa Baiana de Água e Saneamento (Embasa).
Walter Eustáquio Ribeiro Vice-presidente (membro independente indicado pelo Ministério da Economia)
Vice-presidente do Conselho de Administração. Bacharel em Relações Internacionais pela Universidade de Brasília (UNB), com pós-graduação em Marketing e Recursos Humanos pela mesma universidade. Cursou Gestão Educacional pela Universidade Católica de Brasília e possui Formação de Conselheiros – Governança Corporativa pela Fundação Dom Cabral. Possui mestrado em Administração pela UNB. Foi funcionário de carreira do BB por mais de 30 anos, atuando em diversas funções gerenciais nas diretorias de pessoal, comercial, controladoria e auditoria interna e também, atuou na assessoria da presidência.
Paulo Roberto Evangelista de Lima Conselheiro (membro independente indicado pelos acionistas minoritários)
Membro do Conselho de Administração eleito pelos acionistas minoritários em abril de 2019. Trabalhou no Banco do Brasil por 34 anos, onde foi superintendente regional, gerente executivo e diretor de controles internos e de gestão de riscos, membro do Comitê Supervisor do Banco do Brasil no Japão, conselheiro de administração da BB Securities – Nova Iorque e Londres, membro do Comitê de Tecnologia do Banco do Brasil e coordenador do Comitê de Riscos do Banco do Brasil, presidiu o Banco do Brasília S.A., de janeiro 2013 a outubro 2014, onde atuou como conselheiro de administração, presidente do Conselho de Administração da Cartão BRB S.A., conselheiro de administração na Cadan e Celesc – Centrais Elétrica de Santa Catarina S.A., onde coordenou o Comitê Jurídico e de Auditoria, atuou também como conselheiro fiscal em várias empresas – Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil – PREVI, Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil – CASSI, Rio Grande Energia, CPFL Distribuição e CPFL Geração, Distribuidora de Produtos de Petróleo Ipiranga S.A., Usinas Siderúrgicas de Minas Gerais S.A. – Usiminas, tendo sido presidente do Conselho Fiscal. Atualmente é conselheiro fiscal da Cecrisa Revestimentos Cerâmicos S.A. e conselheiro de administração suplente da TUPY S.A e membro nato do Conselho Consultivo do Instituto de Ensino Bilíngue Ltda. (Avidus School) em Brasília. É conselheiro fiscal certificado pelo Instituto de Governança Corporativa – IBGC – desde Outubro 2016. Formado em administração de empresas, com M.B.A – Formação para Altos Executivos no Banco do Brasil – Fundação Dom Cabral, possui pós-graduação Lato Sensu em Administração Financeira – IBMEC, especialização em Gestão de Negócios – Fundação Dom Cabral e Curso de Governança Corporativa pela USP.
Fausto de Andrade Ribeiro Conselheiro (Presidente do Banco do Brasil)
Presidente do Banco do Brasil S.A. Graduado em Administração de Empresas pela Faculdade Católica de Brasília e em Direito pela Universidade CEUB – DF. Possui especialização em Finanças Internacionais e MBA Executivo em Finanças, ambos pelo IBMEC, além de especialização em Economia pelo Programa Minerva na George Washington University. É funcionário do Banco do Brasil desde 1988. Ocupava o cargo de Diretor Presidente na BB Consórcios desde setembro/2020. Antes, foi Gerente Executivo da Diretoria de Contadoria em 2019 e da Unidade de Canais, de 2016 a 2019. Exerceu ainda a função de Diretor Geral da unidade do Banco do Brasil na Espanha entre 2013 e 2016 e representou o BB no Comitê de Transição junto à Diretoria do Banco Patagônia, em Buenos Aires (Argentina) em 2010. Entre 2000 e 2010 foi Gerente Executivo na Diretoria de Controles Internos, quando coordenou o Projeto de Adequação do Banco às exigências da Legislação Americana Sarbanes-Oxley, entre os anos de 2008 e 2010.
Ariosto Antunes Culau Conselheiro (membro indicado pelo Ministério da Economia)
Membro do Conselho de Administração indicado pelo Ministério da Economia. Graduado em ciências econômicas pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos – Unisinos, com MBA em Finanças Empresariais pela Fundação Getúlio Vargas – FGV e especialização em Políticas Públicas e Governo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Servidor de carreira do Ministério da Economia, exerce atualmente o cargo de Secretário de Orçamento Federal, tendo atuado anteriormente em diversos cargos na área de finanças nas administrações públicas federal e estadual.
Débora Cristina Fonseca Conselheira (membro eleito pelos empregados)
Membro do Conselho de Administração eleita pelos empregados do Banco do Brasil. Ingressou no Banco em abril de 2009. Ingressou no Banco Nossa Caixa S/A em 2006, sendo incorporada como funcionária do BB em 2009, atuou como assistente e gerente de serviços em Agência Large Corporate, no pilar atacado do BB, e atualmente é assessora na Superintendência Large Corporate. É bacharel em comunicação social e tecnóloga em gestão de recursos humanos, possui MBA em estão bancária e finanças corporativas, pós graduanda em Gestão Estratégica, Inovação e Conhecimento. Possui certificação Profissional Anbima – CPA-20.
Aramis Sá de Andrade Conselheiro (membro independente indicado pelo Ministério da Economia)
Membro independente do Conselho de Administração indicado pelo Ministério da Economia. Graduado em Economia e em Direito (UFAC), especialista em Direito Civil e Direito Processual Civil (Estácio de Sá), MBA Formação  Geral e Desenvolvimento de Executivos em Administração (USP/FIA); Extensões Acadêmicas, dentre outras, em Governança Corporativa (FIPECAFI e IBGC), Banking  e  Sistema  Financeiro  no  Mercado Global  (The University  of  Chicago  Booth  School   of   Business), Programa Executivo “BB  Digital Business Transformation” (MIT-Massachusetts Institute of Tecnology), Operational Efficiency Responsibility and Sustainable Business (UPeace/UN-USA); Certificações Profissionais em Governança Corporativa, por experiência (CCIe), pelo IBGC para Conselheiro de Administração (CCA+), para Conselheiro Fiscal (CCF) e para Membro de Comitê de Auditoria (CCoAud+); e pelo ICSS para Profissional Certificado em Seguridade Social com Ênfase em Administração (EA). Foi funcionário do BANCO DO BRASIL de 1979 a 2015, exercendo cargos de primeiro gestor em várias unidades regionais do Banco no País, entre os quais Gerente Geral de Assessorias Jurídicas Regionais e Superintendente Estadual e de Gerente Executivo e Gerente Geral de Unidade Estratégica, na Diretoria de Tecnologia. Atualmente, é Conselheiro de Administração Independente, Membro-Coordenador do Comitê de Auditoria Estatutário e Membro do Comitê de Pessoas, Elegibilidade, Sucessão e Remuneração na INFRAERO-Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária S.A.; Conselheiro Fiscal na METALÚRGICA GERDAU S.A.; Conselheiro Fiscal (suplente) na NORTE ENERGIA S.A. Foi Conselheiro Fiscal (Suplente) na WEG S.A.; Conselheiro Deliberativo na BB-PREVIDÊNCIA-Fundo de Pensão Banco do Brasil; Membro do Comitê de Auditoria Estatutário na BBTS-Tecnologia e Serviços; e Conselheiro Deliberativo no SEBRAE-AC.
Rachel de Oliveira Maia Conselheira (membro independente indicado pelos acionistas minoritários)
Membro independente do Conselho de Administração indicada pelos acionistas minoritários. Fundadora e CEO da RM Consulting, foco em S de ESG e Lideranças, ex- CEO da Lacoste S.A. (Brasil). Ela começou sua carreira como controladora financeira sênior na 7-Eleven, onde desenvolveu suas habilidades analíticas e de liderança como gerente júnior. Atuou como controladora sênior de negócios na Novartis Pharmacy. Na Tiffany & Co., liderou a entrada da empresa no mercado brasileiro e gerenciou todos os aspectos financeiros do crescimento da Tiffany como CFO do Brasil. Após estabelecer a Tiffany & Co. como líder de mercado no Brasil, foi contratada para liderar a expansão e o crescimento da marca dinamarquesa Pandora. Como CEO da Pandora Brasil, liderou o crescimento da empresa de dois pontos de venda para mais de 92 em um período de 8 anos e meio. É graduada em contabilidade pelo Centro Universitário FMU e possui MBA pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Concluiu o curso de Negociação e Liderança por meio do Programa de Educação Executiva da Harvard Business School e treinamento de gerenciamento geral na Universidade de Victoria na Colômbia Britânica, Canadá. Membro do Conselho Geral do Consulado Dinamarquês e da Câmara de Comércio Dinamarquesa, bem como membro do Comitê do Presidente da Câmara Americana de Comércio, do Instituto para o Desenvolvimento do Varejo, do Grupo de Mulheres Brasileiras e do Comitê Econômico e Social Conselho de Desenvolvimento.

Clique aqui para acessar o regimento interno.
Atas e Sumários de decisões das Reuniões da Administração do Banco do Brasil.


Atualizado em 05/08/2021 às 08:46